CasaDeCristal, lazulli, eu, mary paz, humanidade escravizada, a grande mãe, 2006, 1990, poesia. livros
Sábado, 12 de Setembro de 2009

Humanidade Escravizada (XXIII)

 

 

Hereges do século XX/XXI


 


 

 

Para nós, viventes do fim do século XX, princípios do século XXI, será deveras difícil embrenharmo-nos na história verídica de um povo inteiro para perceber como e porque vivemos hoje na maior das ignorâncias, mas será sempre possível descobrir a verdade de tudo; basta que o homem queira pensar por si e abolir os vossos conceitos morais e sociais, até porque estes nunca existiram. Bem que vocês os souberam impor aos outros, mas para vós mesmos não serviram, porque a vossa natureza é outra, uma outra que não vos permite aceitar a igualdade humana. Mas, ao contrário do que vos parece, o homem dentro de si mesmo há muito que sabe que todos vós, Poder, sois uma farsa interminável. Só falta a coragem de olhar de frente a verdade e essa coragem um dia irá surgir. Tentareis sempre impedir-nos, se possível, mais mil anos, mas aqui o tempo não vos será mais favorável. Os homens já sabem ler e muitos deles não vão permitir que lhe retireis esse direito. Podeis de novo juntar-vos e até queimar todos os livros e documentos, mas haverá sempre alguém que vos combaterá mesmo na clandestinidade. Claro que, prevendo isso mesmo, já vos tendes vindo a antecipar, apelidando de terroristas todos quantos se vos opõem, perseguindo e prendendo quando não é a destruição de lares e países inteiros de todos aqueles que vos parecem suspeitos de actos que no fim das contas, ninguém sabe quem praticou. Um simples telefonema anónimo é suficiente para dardes caça a culpados e inocentes, indiscriminadamente. Se, não tivesse a certeza, que nos encontramos no século XXI, diria que estaríamos ainda nas célebres e bárbaras perseguições da Idade Média, onde qualquer um poderia entregar quem bem entendesse às autoridades eclesiásticas. A liberdade de expressão política ou religiosa, será sempre o que combatereis ferozmente de modo a que os vossos sórdidos interesses nunca sejam expostos perante todos nós. Há muito tempo já que praticais este sistema hediondo culpando pelo mal realizado, todos aqueles que têm coragem para vos defrontar e os cobardes, acomodam-se nas vossas ridículas explicações olhando com desprezo e desdém todo aquele que apelidais de terrorista sem tão pouco pelo menos ir tentar perceber o porquê de tudo isto.

O mundo está cego e estúpido. Todas as vossas explicações, por mais infundadas que sejam, servem para acabar com todo aquele que vos defronte. Esquecem as variadíssimas versões da história da humanidade, onde terrorismo seria chamado noutra altura, resistência. E resistência a um poder, normalmente, era realizada contra invasores de povos. Portugal, assim como tantos outros Países também sofreu a ocupação ao longo da sua história e, de todas essas vezes, os portugueses de então (mesmo não sendo ainda portadores deste nome e sim de outros nomes, igualmente digníssimos, tais como, por exemplo:- Lusitanos), lutaram como podiam e sabiam, com as armas ao seu dispor, para libertar a sua Pátria, as suas terras e o seu povo, da opressão dos invasores. Daqueles que nos queriam impor a sua forma de vida, a sua cultura. Porque é que hoje, ninguém se lembra dos heróis da antiguidade como por exemplo Viriato e os seus homens, que combateram valentemente os romanos, para impedir a sua permanência no nosso território? Por essa altura escreve um romano sobre nós: "... lá no fundo do ocidente existe um povo que não se governa nem se deixa governar". Nós os portugueses, os insurrectos, aqueles que sempre lutaram contra a ocupação da nossa terra, utilizando tudo o que estava ao nosso alcance, desde pedras, espadas, adagas, estratagemas, azeite a ferver, etc., para expulsar invasores da terra que era e é nossa, não entendemos quem defende o seu solo pátrio? O que nos aconteceu neste entretanto? Será que já não nos corre nas veias o sangue dos nossos antepassados? Que os nossos valores de liberdade desapareceram? Aceitamos, compactuamos e ajudamos opressores de inocentes, só porque nos dizem que estes povos são terroristas? Não vemos os horrores da guerra e quem na realidade a pratica? Esperamos que os oprimidos aceitem de bom grado a ocupação do seu País e do seu povo? Só não serão terroristas se aceitarem a imposição de uma nova cultura chamada de democracia? No ocidente, ainda há quem diga, que terrorista é todo aquele que quer impor pelo ódio, a todos os ocidentais (os bons desta desgraça toda, paladinos da democracia), a sua cultura e o seu modo de vida. Por isso temos de os combater quanto antes. De preferência exterminá-los antes que eles consigam impôr-nos os seus valores. Mas, apesar de quase enlouquecer neste mundo tão infame, ainda não perdi por completo o juízo e, quem eu vejo querer impor alguma coisa a alguém é exactamente nós a eles e não eles a nós. É a nós que incomoda a sua cultura. É a nós que sempre incomodou o seu modo de vida. Ou são democratas cristãos ou não têm direito a existir. Porque nós continuamos a considerar-nos detentores da verdade, com a obrigação de expandir as nossas políticas e religiões. Não sabemos respeitar os outros povos. Aliás, nunca o soubemos. Desde os índios aos negros, sempre impusemos o nosso modo de vida e, pelos vistos continuamos insaciáveis. Já que por enquanto não podemos impor os nossos bons valores a povos do universo, porque ainda não conseguimos chegar lá, impômo-los aos povos da Terra. A verdade, infelizmente, é que sobre este assunto, sempre é mais fácil impor a nossa vontade a povos "inferiores" a nós, do que impô-la a povos superiores a todos nós.

 

penso: nem a gregos nem a troianos

2007, actualidade, ensaio, guerras, história, homem, livros, morte, mulher, portugal, religião, vida

publicado por lazulli às 17:47

Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

 


EscritoPorLazulli lazulli às 01:01
| comentar

UmaEstranhaNumaTerraEstranha

VerNaCasaDeCristal

 

ImutáveisSãoAsPalavras

Janeiro 2018

Setembro 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Junho 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Janeiro 2012

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Intemporal

... cega ...

AsMinhasFotos/Imagens

DireitosDeAutor

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. OsEscritosDesteBlogEstãoRegistadosNoIGAC Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. DireitosDeAutor É expressamente interdita a reprodução parcial ou integral de todos os escritos deste blog por qualquer processo, incluindo a fotocópia e a tradução e transmissão em formato digital. Exceptua-se a reprodução de pequenos excertos para efeitos de recensão crítica ou devidamente autorizada por escrito pela AUTORA do Blog CasaDeCristal, lazulli. Peço desculpa aos que me lêem por ter que ser assim e obrigada. lazulli - (inp) M.D.L.M.D.F.D.C.B.

TraduzirOBlog

Google-Translate-Chinese (Simplified) BETA Google-Translate-English to French Google-Translate-English to German Google-Translate-English to Italian Google-Translate-English to Japanese BETA Google-Translate-English to Korean BETA Google-Translate-English to Russian BETA Google-Translate-English to Spanish
Google Translation

NoPlaneta

PalavrasMinhas

SonsDaMinhaAlma

OsQuatroElementos


glitter-graphics.com

ARaçaHumanaÉAssim