Quarta-feira, 17 de Agosto de 2016

... do livro de Dzyan...

(hipóteses sobre a Criação do mundo)


Segundo o Livro de Dzyan, os primeiros homens da Terra eram descendentes dos Celestes, ou Pitris, vindos da Lua. O texto descreve a evolução do homem desde a primeira raça até à quinta "a nossa" que pára na morte de Krisna, há cinco mil anos. Escrito numa linguagem totalmente desconhecida, o Senzar, foi ditado aos Atlantes, diz-se, por seres divinos. O Livro de Dzyan fala das Dinastias Atlantes divinas e evoca os "reis do Sol" que ocupavam "tronos celestes". O Livro de Dzyan conta "diz-se"a história da evolução do mundo. Há dezoito milhões de anos, seres sem ossos e sem inteligência povoariam a Terra. Depois teria nascido uma raça pacífica, e, paralelamente, desenvolver-se-ia uma raça de gigantes monstruosos, mais próximos do animal que do homem. No ano 9564 a. C. ter-se-iam afundado terras no oceano.

 



Livro de Dyzan

Estrofe I:
"... Só a obscuridade enchia o todo infinito...
... Não existia tempo, ele repousava no seio infinito da duração...
... E a vida palpitava inconscientemente no universo.
... Os sete nobres senhores e as sete verdades haviam cessado de ser..."

Estrofe II:
"... Onde estavam os construtores, os filhos luminosos... os que tomaram a forma do informe, a raiz do mundo.
... Ainda não havia soado a hora; o raio não tinha ainda atravessado o germe..."

Estrofe III:
"... A última vibração da sétima eternidade penetra a infinidade.
... A vibração propaga-se, com a sua asa viva ela toca o universo inteiro e o germe que habita a escuridão, que respira acima da água dormente da vida...
... A raiz da vida estava contida em cada gota do oceano da imortalidade e o oceano era luz irradiante, e esta luz era fogo, calor e movimento. A obscuridade desapareceu, já não existia...
... Vejam o espaço claro que é filho do espaço sombrio... Doravante brilha como o Sol: é o divino dragão flamejante da sabedoria.
... Onde estava o germe, onde estava então a obscuridade?...
... O germe do pai obscuro e escondido."

Estrofe IV:
... Filhos da terra, escutem os vossos mestres, os filhos do fogo...
... Escutem o que nós, descendentes dos Sete Originais, nós que nascemos da chama original, escutem o que nos ensinaram os nossos pais...
... Do brilho da luz, que irradiava na noite eterna, jorraram no espaço as energias despertadas... E dos homens-deuses emanaram as formas, as chispas, os animais santos e os mensageiros dos pais santos.

Estrofe V:
... Por seu lado, os sete primeiros sopros do dragão da sabedoria criaram o vento de fogo turbilhonante graças ao sopro santo que girava.
... O filho ágil dos filhos divinos... descreve círculos e cumpre a sua missão... Atravessa as nuvens flamejantes como o relâmpago...
... Ele é o espírito que os conduz e o seu guia. Para começar o seu trabalho envia para todos os lados as chispas do reino inferior, que planam, tremem de alegria nas suas moradas irradiantes...

Estrofe VI:
... O Rápido e o Irradiante... coloca o universo sobre estas pedras eternas...
... Ele constitui-as segundo o modelo de rodas muito antigas, e fixa-as no centro por elementos imperecíveis.
... Como foram elas constituídas por Fora? Ele junta a poeira de fogo. Faz bolas de fogo, atravessa-as, gira em volta delas e dá-lhes vida, depois põe-nas em movimento... Estão frias, ele aquece-as. Estão secas, ele humedece-as. Elas iluminam, ele dás-lhes ar e acalma-as. Tal é o trabalho de Fohat de um crepúsculo ao outro, nas sete eternidades...
... A semente maternal enchia o todo. Travaram-se combates entre os criadores e os destruidores, travaram-se combates pelo espaço.

Estrofe VII
... Vejam o começo da vida sensível que não tem forma. Em principio o Divino, o espírito maternal que é uno...
... Este raio único multiplica os mais pequenos raios...
... Depois os construtores, que envergaram novamente os seus primeiros trajos, descem para a Terra irradiante e reinam sobre os homens e o que eles próprios são...

 

 

(... finalmente, algo meu, verdadeiramente meu, cruza-se neste Caminho desconhecido, onde a palavra perdeu a magia, na fala dos homens, corrompida.

.... não há felicidade nem alegria, na certeza desta certeza, também ela, levemente corrompida

... mas o conforto da minha própria magia.

bigbang

 

... o Sétimo dos sétimos, afinal sempre existia)



Nota pessoal. - Na Busca da Verdade
saudades do Todo Infinito


EscritoPorLazulli lazulli às 06:28
link do post | comentar | AdicionarAosIntemporais

UmaEstranhaNumaTerraEstranha

VerNaCasaDeCristal

 

Intemporais

... cega ...

Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


SonsDaMinhaAlma

SonsDaMinhaAlma

Setembro 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Junho 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Janeiro 2012

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

EscritosRecentes

cristal

Quando a Natureza fala ma...

,,, bicéfala,,, a Serpent...

em luta pela liberdade

São lágrimas, senhor, são...

alma

A Promessa

... desisti

manto negro

... vivo em Tiamat?!

... do livro de Dzyan...

Ming's

O Universo em mim

Tentação

Quem Criou Deus...

LeioEstes

AsMinhasFotos/Imagens

DireitosDeAutor

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. OsEscritosDesteBlogEstãoRegistadosNoIGAC Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. DireitosDeAutor É expressamente interdita a reprodução parcial ou integral de todos os escritos deste blog por qualquer processo, incluindo a fotocópia e a tradução e transmissão em formato digital. Exceptua-se a reprodução de pequenos excertos para efeitos de recensão crítica ou devidamente autorizada por escrito pela AUTORA do Blog CasaDeCristal, lazulli. Peço desculpa aos que me lêem por ter que ser assim e obrigada. lazulli - (inp) M.D.L.M.D.F.D.C.B.

NoPlaneta

Flag Counter 34 561

ÚltimasMemórias

Bem Vindo à CasaDeCristal, paulo joséConsegues exp...
paulo jose juliopra ke brincar com santo nome de d...
Vasconcelos.... como esqueceria eu, o seu blog, on...
Saúdo o seu regresso com saudade. Desejo-lhe os ma...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...

subscrever feeds

TraduzirOBlog

Google-Translate-Chinese (Simplified) BETA Google-Translate-English to French Google-Translate-English to German Google-Translate-English to Italian Google-Translate-English to Japanese BETA Google-Translate-English to Korean BETA Google-Translate-English to Russian BETA Google-Translate-English to Spanish
Google Translation

OsQuatroElementos


glitter-graphics.com PorqueAVerdadeNãoSurge AHumanidadeChoraPeloSangueDerradoDosInocentes