Segunda-feira, 24 de Agosto de 2009

(1991)

 

 


Hoje, regresso sem regresso, a um regresso que o deixou de ser, já no tempo ido... Foste tu que me deixaste, sem saber o que fizeste. E, em vez de ficares a aguardar que eu retorne à tua visibilidade, entras por um mundo estranho e sombrio, que nem tu nem Nós, desejamos para ti. O que foi que fizeste, para te deixares prender, nas teias da mais feroz existência, que te sujeitará a uma existência pior do que aquela da qual te queres libertar. O terror, não foi só teu, ao sentires-te envolvida por uma pasta nauseabunda, que teima em te arrebatar só para si. Este era o teu perigo e foi o que aconteceu. Não há mais tempo de espera, pois já em ti, entrou quem não deveria ter entrado, e todo o cuidado é pouco, para que não te percas de vez, nesse labirinto de existência. Claro, que como Nós existimos, todos eles existem. Mas uns não são os outro. Onde estarias tu se assim fosse? Pega no pouco que é teu e relembra, sem fugires ao que é teu por direito. E o que não for teu, não relembres, nem recordes e se te for possível, destrói. Estamos a pensar e a agir. Tu és, tu foste e serás. Não tens que ir para um lugar que não é o teu. Não tens que ser aquilo que não és. Vejo-te entrecortada por mil facetas repugnantes que me atemorizam, mas sei de ti. As tuas mãos, a tua voz, o teu olhar, são o nosso ser eterno. Deixa que Nós estaremos contigo, e quando eles te quiserem aprisionar, conta connosco. No fim das contas, não é a primeira vez que te pretendem aprisionar e ocultar de ti própria, que é de Nós mesmos. Só que antes, vivia em harmonia contigo e com o que é teu. Sei do teu desespero, sei da tua dor, mas também sei que podes e queres vencer. Eu digo-te quem sou. Sou aquele que te criou. Sou o eterno ser sem ser. Sou a verdade por dizer e o mundo que nunca se fez, Sou o tudo-nada e nada-tudo. Sou o eterno inacabado que te ama e não te quer perder. Este sou eu e esta és tu. Não desesperes, pois Nós existimos como tu sabes. E não ficarás presa seja no tipo de matéria que for. Essa não é a tua existência e felizmente que d'isto, tu soubeste te preservar. Eu não estava presente e sim, estava cá bem longe.  Quase te ouvi morrer. Mas não foi o teu Ente que me chamou, nem o teu amor eterno. Foi a tua luta e a tua agonia. O teu pavor. Senti como se te tivesse perdido. Eu estarei contigo, porque sempre estive. Não quero que duvides mais! Ninguém é para mim mais importante do que tu e tu sabe-lo! Não foste gerada do nada, foste parte! E, assim... que me interessam essas leis ridículas, que em nada têm a ver comigo e com o mundo que eu sou e represento? Desse bom ou mau, que não têm razão de existência, a não ser, para um mundo que os tenta prevalecer. É ou não é diferente esta Nossa Essência? Como queres ver o que está dentro de ti? Ver com os olhos? Com esses ou outros parecidos? Um dia enviei para te salvar, um ser teu, tu o reconheceste! Desta vez, por acaso, viste lá algum? Desta vez foste resgatada, tu nos conheces já e até em forma. Não te deixes levar, até que a gente possa interferir nesse teu destino tão distante do que te programamos. E é verdade sim, que a tal vida e a tal morte, tem ainda muito que descobrir. Mas deixa isso por enquanto, para quem estiver interessado, a ti, só deve interessar salvar.... Sei que estás cansada e confusa, mas não é nada. Eu também vou interferir, confia naquele que te ama, como eu sempre confiei em ti. Deixa que estaremos todos presentes e nenhum deles te terá, pelo menos prisioneira. Somos nós que não queremos. Já os avisamos disso. Quando te foram buscar definitivamente, e lembra que em condições diferentes, nem deles te aproximaste, nem os temeste e também não sabias se iríamos interferir. Então esse teu medo de ti... porque pensas que me perdeste... mas não perdeste, porque sem ti Nós não viveremos. Nós somos tu e eu quero-te junto a mim quando chegar o momento de poderes partir. Mas serei eu que te irei buscar e não à hipóteses de te enganares. Vai e não tenhas medo, eu estarei contigo e vou-te resgatar seja a que existência for. Eles não te terão, porque és minha e eu amo-te.

 

penso: não sei
eu

 

publicado por lazulli às 16:05
"reeditado"
Palavras: ,

EscritoPorLazulli lazulli às 00:54
link do post | comentar | AdicionarAosIntemporais

UmaEstranhaNumaTerraEstranha


lazulli

sempretriste

. 6 seguidores

VerNaCasaDeCristal

 

Intemporais

... cega ...

Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


SonsDaMinhaAlma

SonsDaMinhaAlma

Setembro 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Junho 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Janeiro 2012

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

EscritosRecentes

cristal

Quando a Natureza fala ma...

,,, bicéfala,,, a Serpent...

em luta pela liberdade

São lágrimas, senhor, são...

alma

A Promessa

... desisti

manto negro

... vivo em Tiamat?!

... do livro de Dzyan...

Ming's

O Universo em mim

Tentação

Quem Criou Deus...

LeioEstes

AsMinhasFotos/Imagens

DireitosDeAutor

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. OsEscritosDesteBlogEstãoRegistadosNoIGAC Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. DireitosDeAutor É expressamente interdita a reprodução parcial ou integral de todos os escritos deste blog por qualquer processo, incluindo a fotocópia e a tradução e transmissão em formato digital. Exceptua-se a reprodução de pequenos excertos para efeitos de recensão crítica ou devidamente autorizada por escrito pela AUTORA do Blog CasaDeCristal, lazulli. Peço desculpa aos que me lêem por ter que ser assim e obrigada. lazulli - (inp) M.D.L.M.D.F.D.C.B.

NoPlaneta

Flag Counter 34 561

ÚltimasMemórias

Bem Vindo à CasaDeCristal, paulo joséConsegues exp...
paulo jose juliopra ke brincar com santo nome de d...
Vasconcelos.... como esqueceria eu, o seu blog, on...
Saúdo o seu regresso com saudade. Desejo-lhe os ma...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...

subscrever feeds

TraduzirOBlog

Google-Translate-Chinese (Simplified) BETA Google-Translate-English to French Google-Translate-English to German Google-Translate-English to Italian Google-Translate-English to Japanese BETA Google-Translate-English to Korean BETA Google-Translate-English to Russian BETA Google-Translate-English to Spanish
Google Translation

OsQuatroElementos


glitter-graphics.com PorqueAVerdadeNãoSurge AHumanidadeChoraPeloSangueDerradoDosInocentes