Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

Mentira

 

A mentira, é uma ilusão que me destrói e me corrói.

Viver aqui, é muito mais penoso do que viver sem ti.

Muito mais desgastante do que pensar puder ter-te.

Ouve pois Senhor: “animador” és tu, por não me ouvires mais.

Que é feito de ti?! Onde te encontras tu?!

Tenho te procurado de todo o modo que conheço e não te encontro mais.

Desejo ver-te, mas não consigo encontrar o caminho que leva até ti.

Diz-me por onde começar! Ensina-me o caminho.

Amo-te mais do que à vida que me impuseram viver.

E que para tanta gente é muito mais do que te ter.

Leva-me até ti! Deixa-me ver-te!

A necessidade de ti é urgente!

Por favor, por teu amor, auxilia-me!

Não me abandones mais!

Preciso de ti, para continuar a viver!

Mesmo se morta quiseres, eu estou aqui!

Toma no teu peito se o tens, meu sentir confuso!

Toma nos teus braços se os tens, meu corpo.

E vê que meu corpo cada dia mais, se funde de encontro a meu sentir.

Deixa-me viver ou deixa-me morrer!

Não importa o que decidas me fazer.

Desde que eu possa viver por ti, contigo ou para ti.

Toma o meu amor tão pequeno mas forte e indestrutível.

Alimenta-te se quiseres de todo o meu Ser.

Sou tua! E dou-me toda a ti.

Não negues o que tenho para ti.

Dar-te-ia mais se tivesse.

Dar-te-ia tudo o que quisesses.

Pois então, pelo que esperas para vir me buscar ou ajudar?

Te quero tanto, que morro sempre que penso em ti.

Amo-te tanto que não conheço na Terra quem te queira assim.

Lembro-me de ti no passado...

Quando sozinha a teu lado era feliz.

Não te peço que me salves.

Não te peço que me ames.

Só te peço: Deixa-me amar-te eu.

Vem até cá e escuta-me.

Tenho tanta coisa para contar-te.

Que não sei se um dia no Tempo, terei tempo para falar-te.

De tudo o que vivi aqui, neste mundo que dizem que tu criaste.

Quero ter tempo para dizer-te pelo menos, que acabes com ele.

Juro-te Senhor que é bem pior do que aquele em que vivi.

Juro-te pelo amor de onde descendi, que este mundo não deve existir.

Não feches mais os olhos a tanta dor e luta pelo teu amor.

Se não tens ninguém que queira lutar junto contigo

Deixa-me te ajudar, sê meu amigo.

Deixa-me participar na destruição deste mundo louco, para acabar com a dor.

Deixa-me junto contigo formar um mundo novo.

Onde a Verdade-Justiça tenha lugar eternamente.

Estou ao teu dispor se me quiseres

Prometo-te dar todo o meu Ser na tua vitória

Contra aqueles que no passado te usurparam.

Lê o que te escrevo, é o que preciso de dizer-te.

Responde-me, não fiques tanto tempo calado, como se eu nem sequer existisse.

Se pudesses sentir quanto te amo, eu sei que virias.

Sei que poderia ter-te mesmo aqui junto de mim neste momento.

Não me deixes mais, ficar aqui junto deles, leva-me daqui.

Leva-me daqui para onde quiseres, mas para bem longe

De modo que não tenha mais que viver com eles.

Se soubesse o teu nome

Gritá-lo-ia todos os dias

Até que te cansasses de me ouvir.

 

(antes de 2000)

 

penso: bem
amor, poema, poemas, poesia

publicado por lazulli às 18:47 em 2007


EscritoPorLazulli lazulli às 14:53
link do post | comentar | AdicionarAosIntemporais
SonsDaAlma:
De António a 8 de Setembro de 2009 às 09:44
Olá, minha amiga:

Espero que esteja tudo bem consigo e que tenha passado um bom fim de semana.
Acabei de ler este seu poema intitulado "Mentira". Ignoro que idade tinha na altura em que o poema foi escrito mas, vislumbra-se nele alguma amargura de viver, ou pelo seu passado, ou pelo amor não correspondido. Enfim... o mundo torna-se um lugar inóspito para quem é mal amado.

Desde o seu último comentário na sua casa cristalina que a sensação estranha de você estar chateada comigo não me larga. Fui sempre assim com meus amigos. Desculpe-me vir ter consigo também desta forma, perguntar-lhe que foi que a melindrou.

Enfim, espero que esteja tudo bem consigo

Abraço enorme

António


De lazulli a 9 de Setembro de 2009 às 12:12
António agora não posso. Depois coloco o comentário.

Abraço amigo


De arh- a 18 de Setembro de 2009 às 21:02
(...) Deixa-me participar na destruição deste mundo louco, para acabar com a dor.

Deixa-me junto contigo formar um mundo novo.

Onde a Verdade-Justiça tenha lugar eternamente. (...)

(Sem palavras.)


De lazulli a 20 de Setembro de 2009 às 01:59
Já somos duas. Eu também estou sem palavras aos teus comentários.

Porque neles está tudo! Nem sei que dizer.

Apenas... descendo levemente à terra depois de planar suavemente por entre a imensidão que aqui me trazes, nas tuas pequenas letras, dizer-te que ... estes teus comentários, para mim, foram muito importantes ... além do que senti e absorvi deles ...

muito grata a ti
(lazulli)

NOTA: Já estive no teu Espaço a ler os pensamentos que ali estão. Li.... e a sensação manteve-se, além da agradável surpresa do que ali tens escrito.

Irei lá mais vezes. Até porque além da Essência da Palavra, aprendi Significados ou Designações, que Desconhecia. e oS tEUS pENSAMENTO, cONFESSO, tÊM MUITO DE MIM. dESCULPA.
dEVE SER pORQUE sOMOS TODOS UMA aLMA?! sERÁ?! - sENDO OU NÃO, pARA MIM É MUITO GRATIFICANTE QUANDO ENconNTRO ALGUÉM assim.

(eu peço Desculpa pela ousadia, mas foi o que senti na tua escrita.)



De arh- a 20 de Setembro de 2009 às 12:04
Obrigada por ousares. Tenho imenso gosto em conhecer-te e comunicar contigo :)


De lazulli a 20 de Setembro de 2009 às 13:51
Olha, eu vou falar a verdade. Embora também tenha imenso gosto em tomar conhecimento da Tua Existência, eu tou muito Aflita. às vezes Algo me toca de um outro modo. E eu estou um pouco Aflita mesmo. Isto que eu tou a sentir, eu conheço bem.

Esta sensação já me fez fugir ... não fossem eles apanharem-me.

Mas não quero fugir de te conhecer aqui, comunicarmos deste modo. E, isso é que é estranho.

Tenho medo dos outros. Mas não tenho medo de ti.

TÁ-ME A ACONTECER QUALQUER COISA! - não me dês muita importância. Juro que gosto de te ter aqui. É mesmo muito bom. Nunca imaginei que pudesse aparecer alguém, a falar assim comigo. Normalmente, até me ignoram.

Eu até podia dizer, apenas, que és muito simpática. Que és uma querida. (mas dizer isto, não tinha cabimento algum).

Sai-me isto tudo e eu estou a tentar refrear o amontoado de letras que estão aqui dentro de mim a querer saltar, todas contentes, atropelam-se, cada qual quer ser a Primeira da Dar-te as Boas Vindas. Brigam umas com as outras e eu prendo-as e elas como crianças traquinas, já me batem o pé e gritam pra mim: "deixa! deixa! deixa-nos falar com ela. E, ainda chamam por ti. Arh- Arh!

- já não escrevia à tanto tempo. Eu acho que hoje eu podia escrever. Só por isso, obrigada Arh-

Até


De arh- a 20 de Setembro de 2009 às 13:57
lazulli,

bem sabes como eu que a Vida é Plena de Magia, é tudo uma questão de Sintonia, Sinfonia e Melodia... :)

let's dance ;)


De lazulli a 21 de Setembro de 2009 às 01:03
vamos... :) :)

adorei a ideia.


FalarComAlma

UmaEstranhaNumaTerraEstranha


lazulli

sempretriste

. 6 seguidores

VerNaCasaDeCristal

 

Intemporais

... cega ...

Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


SonsDaMinhaAlma

SonsDaMinhaAlma

Setembro 2017

Janeiro 2017

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Abril 2016

Março 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Junho 2013

Dezembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Janeiro 2012

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

EscritosRecentes

cristal

Quando a Natureza fala ma...

,,, bicéfala,,, a Serpent...

em luta pela liberdade

São lágrimas, senhor, são...

alma

A Promessa

... desisti

manto negro

... vivo em Tiamat?!

... do livro de Dzyan...

Ming's

O Universo em mim

Tentação

Quem Criou Deus...

LeioEstes

AsMinhasFotos/Imagens

DireitosDeAutor

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. OsEscritosDesteBlogEstãoRegistadosNoIGAC Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. DireitosDeAutor É expressamente interdita a reprodução parcial ou integral de todos os escritos deste blog por qualquer processo, incluindo a fotocópia e a tradução e transmissão em formato digital. Exceptua-se a reprodução de pequenos excertos para efeitos de recensão crítica ou devidamente autorizada por escrito pela AUTORA do Blog CasaDeCristal, lazulli. Peço desculpa aos que me lêem por ter que ser assim e obrigada. lazulli - (inp) M.D.L.M.D.F.D.C.B.

NoPlaneta

Flag Counter 34 561

ÚltimasMemórias

Bem Vindo à CasaDeCristal, paulo joséConsegues exp...
paulo jose juliopra ke brincar com santo nome de d...
Vasconcelos.... como esqueceria eu, o seu blog, on...
Saúdo o seu regresso com saudade. Desejo-lhe os ma...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...

subscrever feeds

TraduzirOBlog

Google-Translate-Chinese (Simplified) BETA Google-Translate-English to French Google-Translate-English to German Google-Translate-English to Italian Google-Translate-English to Japanese BETA Google-Translate-English to Korean BETA Google-Translate-English to Russian BETA Google-Translate-English to Spanish
Google Translation

OsQuatroElementos


glitter-graphics.com PorqueAVerdadeNãoSurge AHumanidadeChoraPeloSangueDerradoDosInocentes