CasaDeCristal, lazulli, eu, mary paz, humanidade escravizada, a grande mãe, 2006, 1990
Sexta-feira, 4 de Setembro de 2009

humanidade Escravizada (XX)

 

 

 

O Eterno Culto ao Desconhecido

 

 

 

 

 

O culto ao desconhecido que é preciso adorar para que se compadeça destes meros mortais e para que a fúria do Senhor não venha a recair sobre nós, continua a ser perpetuado nos nossos dias, através das imensas igrejas, das variadíssimas religiões, espalhadas por todo o Planeta. Continuamos a adorar, hoje em dia, como os primeiros homens do Planeta, um Deus completamente desconhecido e também lhe prestamos culto para evitar os castigos com que nos pode vir a penalizar. Porém, pelo menos, os «primeiros homens» adoravam o raio, algo bem visível e com manifestações físicas a olho nu. Mas no princípio do século XXI, que Deus visível e com que manifestações físicas adoramos? Se por acaso for a Vida, a exemplo de há milhões de anos atrás, as manifestações físicas continuam a ser, sem dúvida, as manifestações da própria Natureza. Deus, mesmo esse, continua invisível e sem nenhum tipo de manifestação. Assim, como os nossos longínquos antepassados, não temos outro remédio para puder acreditar na sua existência, senão, a exemplo deles, recorrer ao mito. Mas este com base já não no raio aterrador e sim nas suposições de uma série de iluminados, que falaram ou escreveram, garantindo que Deus existe, imbuídos pelo Espírito Santo, este também invisível a todos. Afinal o nosso Deus não difere do dos primatas. Enquanto eles tinham o raio como suporte para adorar e temer a Deus, nós temos pensamentos de profetas e apóstolos, governadores de indistintas massas humanas. Mas se nós não somos primatas, como continuamos a aceitar isto? Ou será que somos? Se adoramos uma imagem mental bem burilada ao longo dos tempos que não tem consistência nenhuma, pensar o quê? Convenhamos que chamar de Deus algo que não se pode ver, é muito conveniente aos interessados na perpetuação do mito pois, assim, ninguém pode provar, de modo algum, que existe ou que não existe. O que não é verdade porque, por enquanto, eu só posso dizer que não existe, pois nunca o vi. E vocês, já o viram algum dia? Eu sei que já o sentiram, mas isso é uma outra história que não vou abordar aqui, de ­contrário seria chamada de herege, nome impregnado de maligno, por quem quer continuar a manter este mito interminável, de fazer crer que é preciso continuar a adorar e a cultuar o desconhecido, em vez de aceitar a verdade acerca da força interior que existe dentro de cada ser humano. E de herege, tenho tudo e não tenho nada. Mas, os verdadeiros leigos gostam de dizer que é herege todo aquele que põe em causa as suas leis religiosas, todas elas criadas em nome de Deus, mas que acabam por estar sempre de acordo com o poderio económico/religioso de cada religião, seja ela qual for, onde a ambição e o poder é a sua única motivação para convencer o ser humano a acreditar no Deus desconhecido. E é por isso mesmo, que quem não acredita nas suas religiões também não acredita em Deus. Porquê acreditar em alguém que não se conhece senão através das vossas palavras que sabemos serem sempre enganadoras e que servem sempre os vossos sórdidos objectivos de Poder? De qualquer modo, o Homem nunca poderia ver Deus, porque Deus nunca existiu! Nunca fez coisa nenhuma do que dizem, porque Deus é um só em muitos. Para todos os ­efeitos, o que vocês conhecem não é Deus e sim uma infinidade de igrejas que perpetuam, em nome de Deus, o mito, nos seus inúteis e monótonos rituais. Todos vós estais em igrejas obscuras, onde o obscurantismo é bem maior do que o dos homens da pré-história, atendendo à nossa tão esclarecida civilização. E, ao tempo que a Terra tem e ao que nos distancia desses primatas nossos antepassados, a herança deles foi com certeza a maior de toda a humanidade porque nunca nos desfizemos dela como nos desfizemos de outras crenças que a seu tempo fomos conseguindo provar que não existiam nem eram assim. Só isto se mantém. O mito, ainda existente do século XXI, continuará por aí fora até que deixem os seres humanos pensar livremente sem medo desse suposto Deus castigador e com tantos horrores. Para que isso possa vir a acontecer, talvez, quem sabe, o Vaticano, por exemplo, possa abrir as portas da sua biblioteca à humanidade, permitindo a todos nós ter acesso aos milhares de livros que lá se encontram guardados e escondidos. Continuando a guardar zelosamente os livros que são de todos e não apenas de meia dúzia de privilegiados, continuaremos a ter, à falta de melhor, que acreditar no que nos dizem ser verdade sem ter possibilidade de nós mesmos confirmar ou não a veracidade do que nos transmitem como certo. Acham-nos incapazes de ler e perceber o que lá se encontra fechado a sete chaves, ou escondem-nos alguma coisa muito importante sobre nós próprios? Para, teimosamente, continuarem a insistir em se auto proclamarem guardiões deste tesouro que nos faz tanta falta, a única razão só pode ser o medo que saibamos a verdade que nos escondem. Com certeza a verdade escondida surgiria à luz do dia e finalmente poderíamos perceber porque é assim a vida e não de um outro modo qualquer. Poderíamos até perceber quem somos, de onde vimos e o que estamos realmente a fazer aqui. Mas, parece que não estão interessados em nos libertar e sim continuar a manter-nos ­escravos das suas palavras bem escritas. Até quando permitiremos que nos escondam a verdade? Deveríamos ser nós a exigir a abertura desta imensa biblioteca porque, os livros que lá se encontram são de todos. Dizem respeito à humanidade inteira. Porque os escondem então do nosso olhar?

 

penso: continuo triste com a mentira
actualidade, ensaio, homem, livros, morte, mulher, mundo, pensamento, religião, vida
publicado por lazulli às 23:54
Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2007
(4) comentários

EscritoPorLazulli lazulli às 16:50
link do post | comentar | Intemporal

...UmaEstranhaNumaTerraEstranha


... lazulli

... SonsD'Alma

. 6 seguidores

...VerNaCasaDeCristal

 

...Intemporais

... ... cega ...

...Dezembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


...SonsDaMinhaAlma

...SonsDaMinhaAlma

... Dezembro 2017

... Setembro 2017

... Janeiro 2017

... Setembro 2016

... Agosto 2016

... Julho 2016

... Abril 2016

... Março 2016

... Janeiro 2016

... Dezembro 2015

... Junho 2013

... Dezembro 2012

... Outubro 2012

... Agosto 2012

... Julho 2012

... Junho 2012

... Maio 2012

... Janeiro 2012

... Abril 2010

... Março 2010

... Fevereiro 2010

... Novembro 2009

... Outubro 2009

... Setembro 2009

... Agosto 2009

... Julho 2009

... Março 2009

... Fevereiro 2009

... Janeiro 2009

... Dezembro 2008

... Novembro 2008

... Outubro 2008

...EscritosRecentes

... ... blog...

... cristal

... Quando a Natureza fala ma...

... ,,, bicéfala,,, a Serpent...

... em luta pela liberdade

... São lágrimas, senhor, são...

... alma

...LeioEstes

...AsMinhasFotos/Imagens

...DireitosDeAutor

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. OsEscritosDesteBlogEstãoRegistadosNoIGAC Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. DireitosDeAutor É expressamente interdita a reprodução parcial ou integral de todos os escritos deste blog por qualquer processo, incluindo a fotocópia e a tradução e transmissão em formato digital. Exceptua-se a reprodução de pequenos excertos para efeitos de recensão crítica ou devidamente autorizada por escrito pela AUTORA do Blog CasaDeCristal, lazulli. Peço desculpa aos que me lêem por ter que ser assim e obrigada. lazulli - (inp) M.D.L.M.D.F.D.C.B.

...NoPlaneta

Flag Counter 34 561

...ÚltimasMemórias

Bem Vindo à CasaDeCristal, paulo joséConsegues exp...
paulo jose juliopra ke brincar com santo nome de d...
Vasconcelos.... como esqueceria eu, o seu blog, on...
Saúdo o seu regresso com saudade. Desejo-lhe os ma...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...
Claro que lembro (lembrei também quando escrevi is...
Cumprimentando-a, deixo-lhe o meu abraço solidário...

...TraduzirOBlog

Google-Translate-Chinese (Simplified) BETA Google-Translate-English to French Google-Translate-English to German Google-Translate-English to Italian Google-Translate-English to Japanese BETA Google-Translate-English to Korean BETA Google-Translate-English to Russian BETA Google-Translate-English to Spanish
Google Translation

...OsQuatroElementos


glitter-graphics.com PorqueAVerdadeNãoSurge AHumanidadeChoraPeloSangueDerradoDosInocentes

...Componente 6

EM MANUTENÇÃO

...tags

... todas as tags

...subscrever feeds

RSSPosts